Sobre mim

Eu

Chamo-me Márcio Silva e sou licenciado em Arquitectura do Design pela Faculdade de Arquitectura da Universidade Técnica de Lisboa.

Trabalho em artes gráficas a tempo inteiro mas, sempre que posso e nos meus tempos livres, dedico-me à fotografia. Sessões com modelos, visitas e expedições a locais abandonados, e também reportagens fotográficas de casamentos, baptizados, e outros eventos tão variados como aniversários ou partidas de airsoft.

E para quem precisar dos meus serviços de design, poderei também desenhar e imprimir os vossos convites de casamento ou baptizado, assim como produzir os mais variados tipos de fotografia em papel fotográfico, quadros, telas canvas, books de qualidade fotográfica, etc..

Se estão a ler esta página e gostariam de ter uma sessão fotográfica ou agendar uma reunião sobre a reportagem do vosso casamento ou baptizado, contactem-me sem compromisso.

Visitem-me no Facebook ou deixem comentário aqui. Respondo a todas as solicitações!

Obrigado por lerem!

6 Replies to “Sobre mim”

  1. Bom dia.
    Tenho estado a seguir a página a nível dos tutoriais. Parabéns pela partilha.
    Se fosse possível podia fazer um muito simples de como colocar uma marca de água nas fotos? ou indicar um programa para tal.
    As vezes publicamos fotos e estas são roubadas e publicadas como sendo de quem as roubou. Com uma boa marca já tal não acontecem .
    Obrigada pela atenção e continuação de bom trabalho

  2. Caro,
    MÁRIO SILVA
    Há vários anos que faço fotografia, com temas muito abrangentes, e normalmente sempre a “Preto e Branco”.
    A maioria das fotos (alguns milhares) estão em suportes informáticos. Como gosto de mostrar e publicar algumas dessas fotos, decidi fazer um livro dedicado a cada um dos temas . Para isso recorri a uma empresa que faz álbuns fotográficos. Uma das condições que a empresa, é que tenho que colocar tudo num programa informático deles, baixando-o para o efeito, e todas as fotos tem que ter 300 dpi. Francamente acho isto um pouco estranho. Não estou a ver o como cidadão que tira fotos com as suas máquinas e depois mandam fazer álbuns, a ter esse trabalho.
    Gostava (por favor) que me desse algum esclarecimento neste assunto.
    Sem mais com os melhores cumprimentos.
    VITOR ALMEIDA

    1. Boa tarde, Vitor.

      Agradeço o comentário e o contacto.
      Elaborei um pequeno texto a explicar essa mesma questão, e entendo a sua perplexidade. Na verdade, as empresas querem apenas certificar-se de que os clientes fornecem as imagens com maior resolução possível, e acabam por cometer o lapso de mencionarem o termo DPI pelo meio. Errado. Veja neste artigo a explicação: https://designefotografia.pt/area-tecnica/resolucao-de-imagem-vs-dpi

      Resumindo: simplesmente forneça as imagens que tiver, e a empresa irá fazer a impressão de acordo com a resolução das fotos para a dimensão na impressão que for especificada.

      Os meus books, encomendo-os ou no ZNO ou no Saal Digital.

      O Zno funciona com um interface online no browser, enquanto que o Saal Digital disponibiliza um software próprio. Esse software permite o uso de qualquer ficheiro, mas quando aumentamos a foto demasiado ou usamos um ficheiro muito pequeno, ele avisa. Penso que não impede a produção, mas avisa várias vezes.

      Cumprimentos
      Márcio

  3. Caro MÁRCIO SILVA.
    Muito Obrigado pela atenção e, tempo que disponibilizou para responder à minha questão/duvida.
    Um bem haja a si.
    Um Abraço.
    VITOR ALMEIDA

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *